/materiais

Piso drenante é permeável, resistente e ecologicamente correto

Piso drenante

Crédito: Shutterstock/ Brenik

Permeável, resistente e ecologicamente correto. Essas vantagens fazem do piso drenante a solução ideal para projetos que buscam alternativas sustentáveis e de qualidade. Disponível em várias cores e modelos, proporciona visual moderno aos ambientes.

Para conhecer mais a respeito, conversamos com alguns especialistas que indicam a utilização do produto. Confira!

Composição x função do piso drenante

Feito com uma mistura de pedra, areia, cimento, fibras naturais, aditivos plastificantes e porcelana reciclada, o material tem basicamente duas funções: absorver a água da chuva e encaminhá-la para o lençol freático. Com isso, ajuda a reduzir enchentes e alagamentos nas cidades.

“Com o piso drenante não há necessidade de instalar ‘bocas de lobo’ ou dutos subterrâneos em estacionamentos, por exemplo. Ele permite captar um litro de água por segundo. O solo absorve a água, filtra e a conduz até ao lenço freático. Para aumentar o poder de absorção, é possível inserir captadores artificiais, que armazenam a água para reuso”, destaca Georges Russalim, diretor da Braston Pisos Personalizados.

Como a solução permite o escoamento de líquidos em geral, sua utilização não é recomendada em locais potencialmente contaminados. Portanto, se por um lado reduz enchentes, por outro pode absorver fluidos oriundos de veículos automotores.

Utilização

O piso drenante é indicado para áreas externas, como ruas, calçadas, garagens, bordas de piscinas, rampas, áreas de lazer e jardins. Segundo Luis Fernando Andrade da Silva, diretor da Drenaltec Pisos e Revestimentos, “o material é muito versátil e proporciona benefícios ecológicos importantíssimos para o meio ambiente. Além disso, é econômico, pois dispensa contrapiso, argamassa, rejunte e outros materiais utilizados para a aplicação do piso de concreto comum”.

Modelos de piso drenante

O mercado fornece diferentes modelos de piso drenante, sendo os mais comuns: concregrama, intertravado permeável e placas porosas. O primeiro é vazado, ou seja, contém espaços livres que podem ser preenchidos com grama. O segundo caracteriza-se por ter peças encaixadas umas sobre as outras. Já o terceiro possui placas aplicadas uma do lado da outra.

“O modelo concregrama detêm retículas de concreto com interstícios, que facilitam o escoamento da água por suas frestas, permitindo assim o crescimento da vegetação. Sempre que possível utilizamos pisos drenantes em nossos projetos, principalmente no calçamento de passeios das áreas ajardinadas”, salienta Bruno Vitorino, arquiteto do escritório DMDV Arquitetos.

Redação Portal AECweb

comentários

[fbcomments]

posts relacionados

Logo AECweb

AECweb é o maior portal de conteúdo, relacionamento e negócios para empresas e profissionais da Arquitetura, Engenharia e Construção. Saiba mais

Boletins e Informativos

Fique informado e mantenha-se atualizado com os Boletins e Informativos do Portal AECweb.

Cadastre-se e receba gratuitamente o melhor conteúdo especializado em arquitetura, engenharia e construção.

Assinar
Mais serviço. Mais parceria
AECweb

O maior portal de conteúdo, relacionamento e negócios para empresas e profissionais da Arquitetura, Engenharia e Construção.

Construmanager

A plataforma online mais completa e funcional para Gestão de Projetos e Obras no setor da Arquitetura, Engenharia e Construção.

Construcompras

O único sistema de comércio eletrônico entre empresas especializado no setor da construção civil.

Rede de Obras

O principal sistema de informações sobre projetos e obras residenciais, comerciais, industriais e de infraestrutura em andamento no Brasil.

© 1999 - 2017 . Todos os direitos reservados.
www.e-Construmarket.com.br